Escrever uma carta ao Pai Natal, sim ou não?

Devemos ou não incentivar os nossos filhos a acreditar no Pai Natal? As opiniões dividem-se. De onde veio o Pai Natal afinal? Por que razão incluí-lo nas nossas vidas? Nada mais, nada menos do que história, imaginação, sonhos… E por que não?Que tal uma história?Antes de escrever ao Pai Natal vamos tentar conhecer a sua origem um pouco melhor.Oriundo de Myra, na península da Anatolia (hoje conhecida como Turquia) St. Nicholas foi um bispo que, segundo reza a lenda, era

Este fim-de-semana, transforme as suas crianças em… cientistas!

E que tal aproveitar o fim-de-semana para fazer experiências científicas caseiras com os mais pequenos?O entusiasmo e a novidade que acompanham uma nova descoberta são igualmente necessários e excelentes aliados quando apresentamos as crianças com mais de três anos às ciências.Leia também: «Bebé com mais de 3 meses? Conversas de barriga para baixo!»Sugerimos uma atividade que tem por objetivo estimular a curiosidade da criança e aguçar o espírito curioso.Vamos começar?Passo 1Coloquem uma pequena bola de cera e

aulas brincar repetir crianças

Como é que as crianças aprendem no Gymboree? Nós explicamos tudo!

Sabemos que é pela repetição que as crianças aprendem. E nas aulas assim é também.Nas aulas para crianças do Gymboree existem partes da aula que se repetem semana após semana e que, ao mesmo tempo, são únicas de um determinado nível.Actividades como a hora da barriguinha, o futebol dos bebés, empurrar o airlog, pôr as mãos na cabeça quando a música pára, andar em cima dos colchões trapalhões, espreitar para o saco ou ouvir uma história são

Transforme o Negativo no Positivo (2 aos 3 anos)

Provavelmente a palavra preferida do seu pequenote nesta fase é o “Não”. Talvez por ainda não conseguir associar a palavra à sua causa. Trata-se de um sinal da crescente consciência da sua criança e do desejo de causar impacto no mundo. Permita que a criança sinta o poder do “Não” fazendo-lhe questões absurdas, tais como “Estamos sentados no meio do oceano?”.Desta forma a criança aprenderá outras aplicações e sonoridades da palavra “Não”.

Façam um livro (12 aos 24 meses)

Algumas crianças manifestam desde cedo os seus gostos. Umas gostam de carros, outras são fascinadas por todo o tipo de animais, outras deliram com tudo o que se relaciona com comida…Celebre estes gostos e crie um livro que a criança adorará rever e completar quando crescer. Faça dois furos em algumas folhas de cartolina coloridas (já existem folhas de cartolina em formato A4), prenda-as com um fio e recolha elementos de revistas, recortando-as e

Interesses (3 aos 5 anos)

Siga os interesses do seu filho, independentemente se esses interesses se focam num arco-íris ou nos golfinhos, comboios ou castelos. Dediquem dias a essas paixões, transformando-os em dias especiais. Visite uma biblioteca e escolha algumas estórias relacionadas com os interesses descobertos.Façam um projecto de arte que reflicta as paixões do seu filho – um castelo em “caixa de sapatos” ou um comboio feito de barro modelado.Com a ajuda de livros

Reflexo no Espelho (0 aos 12 meses)

Coloque o bebé em frente a um espelho e deixe que se observe e interaja com o seu reflexo.O bebé não se reconhecerá no reflexo, mas ficará fascinado com o que vê. Mostre-se também a si e enquanto conversa com o bebé, faça diferentes expressões faciais e alterações no tom de voz e na velocidade do discurso.Competências em destaque:Consciência espacialDesenvolvimento da linguagemAuto-conceitoDiscriminação VisualDos 0 aos 12 mesesO bebé recém-nascido pode parecer ainda incapaz de fazer muita coisa, mas

Dicas e Atividades do Gymbo

Na intenção de partilhar o conhecimento adquirido ao longo dos 40 anos de trabalho no Desenvolvimento Infantil, o Gymboree vem aqui disponibilizar Dicas e Sugestões de brincadeiras e actividades que os pais, mães e educadores podem fazer com os seus pequeninos.Desta forma conseguem estimular o desenvolvimento global do seu filho ou educando através de atividades de brincadeira e novas descobertas, focadas sempre em apoiar o crescimento da criança, mas respeitando o seu ritmo.Desde a

5 Dicas para educar crianças bondosas

Pesquisadores da Harvard University dão 5 dicas de como educar crianças éticas e bondosas.O objectivo final e maior de todos os educadores, pais e familiares é criar crianças que se tornem no futuro em adultos bem sucedidos e felizes no futuro, correcto?Segundo as orientações dos pesquisadores de Harvard há uma formula de sucesso: ensine as crianças desde cedo a serem pessoas generosas e altruístas.Não só é realmente a acção certa como humanos e como parte activa da sociedade ao

Sensibilidade a mais?

Com o Fim da gravidez ficamos atentas e sensiveis às mais pequenas coisas, principalmente quando lidamos com crianças diariamente… Podem dizer que são as hormonas da gravidez, mas é uma alegria tão grande quando olhamos para elas e vemos um mundo cheio de maravilhas… Todos os dias um sorriso, uma nova descoberta, a felicidade de um “Mãe, consegui!”… Vêm-me as lágrimas aos olhos e penso que todas as crianças nos ensinam alguma coisa especial: o que gostam, com um sorriso,