abraço

O poder do abraço! 7 RAZÕES CIENTIFICAMENTE PROVADAS para abraçar o seu filho

Um abraço não cura tudo mas ajuda a apaziguar, a acalmar. O ato de abraçar ajuda a fortalecer os laços entre uma criança e o seu educador. E se, nos adultos, um abraço vale mais do que mil palavras, nas crianças abraçar é, possivelmente, um dos maiores gestos de amor e carinho.Além de serem bons para consolar nos momentos tristes e celebrar nos momentos alegres, os abraços têm benefícios cientificamente provados.7 RAZÕES PARA ABRAÇAR, COMPROVADAS PELA CIÊNCIA!1 – os abraços

irmao

«Vais ter um mano!»: Saiba como preparar as crianças para a chegada de um IRMÃO

Durante este tempo, o seu filho foi o centro das atenções dos pais e, provavelmente, de avós, tios e amigos. Agora, a chegada de um bebé à família vai mudar tudo: rotinas, o espaço, os comportamentos e, claro, a vida da criança.Porque deixar de ser o centro do universo pode ser traumático, eis algumas dicas úteis para saber como apresentar esta maravilhosa nova etapa sem deixar marcas na criança que, agora, vai ganhar o título de irmão

“(In)Consistências” por Inês Afonso Marques

“Não!” Compreensivelmente, “é de partir o coração” ver uma criança choramingar, barafustar, refilar, insurgir-se quando se depara com a confirmação daquilo que previamente já tinha sido informada.“Para irmos brincar no parque é preciso que antes arrumes os brinquedos que estão espalhados pelo chão do quarto dentro da caixa dos brinquedos.”Face a uma possível resistência inicial por parte da criança, a tendência será para repetir “as regras do jogo”. A criança poderá querer continuar a testar até onde pode ir.

E o bebé começa a dormir melhor!

O Sono do BebéE dorme, dorme… mas precisa de se alimentar!Quando embrulhados (1º passo – swaddling), durante as primeiras semanas, os bebés não acordam tanto para serem alimentados. Mesmo assim, os pais devem acordar os seus bebés para os alimentarem.Os 5 S’s (5 passos) estão a ser ensinados nos Estados Unidos da América em diferentes clínicas e agora também em Portugal, ajudando muitas mães a conseguirem amamentar os seus bebés com sucesso, uma vez que o choro do bebé

Adeus Birras!

As BirrasNo passado dia 5, o The New York Times divulgou aos seus leitores o método ensinado pelo Dr. Harvey Karp que permite aos pais melhorarem e superarem as birras dos seus pequenotes:http://www.nytimes.com/2008/02/05/health/05well.html?em&ex=1202360400&en=cb1da607a977332b&ei=5070Durante os primeiros meses após o nascimento, o método ensinado no Workshop The Happiest Baby pára as cólicas “desligando o botão” do choro, activa o reflexo de acalmia e isso ajuda bebés (e pais!) a dormirem melhor.Uma vez ultrapassada essa fase inicial, entramos nas birras! O

O seu bebé chora… Porquê?

 O choro do bebéA investigação tem mostrado que às 6 semanas de idade, em média, os bebés choram cerca de 3.5 horas por dia.Algum do choro do bebé será atribuído às necessidades básicas do seu bebé, como a fome ou o desconforto. No entanto, no resto do tempo – na maioria dos casos a maior parte do tempo – o choro aparece sem qualquer razão aparente.Para muitos recém pais, esta incapacidade de consolar e acalmar o seu bebé pode trazer

Como ajudar uma criança que reage de forma explosiva à raiva, tristeza e frustração? – A caixa calmante e um cantinho acolhedor

Artigo originalmente postado aqui. Cortesia Gymboree Telheiras.A caixa  calmante poderá ajudar as crianças a recuperar de uma birra, a mantê-las ocupadas quando aguardam por qualquer coisa e a reorganizarem-se ao lidarem com sentimentos como a raiva, tristeza e frustração.Esta caixa poderá conter diferentes objetos maioritariamente de estimulação sensorial que permitam tranquilizar a criança. Estes objetos devem proporcionar satisfação à criança ao manipulá-los.Que tipo de objetos deve conter a caixa?– Que proporcionem uma respiração profunda (bolinhas de sabão, catavento ou balão);–