irmao

«Vais ter um mano!»: Saiba como preparar as crianças para a chegada de um IRMÃO

Durante este tempo, o seu filho foi o centro das atenções dos pais e, provavelmente, de avós, tios e amigos. Agora, a chegada de um bebé à família vai mudar tudo: rotinas, o espaço, os comportamentos e, claro, a vida da criança.Porque deixar de ser o centro do universo pode ser traumático, eis algumas dicas úteis para saber como apresentar esta maravilhosa nova etapa sem deixar marcas na criança que, agora, vai ganhar o título de irmão

coping crianças 3 5 anos abraço

«Coping»: como ajudar as crianças a lidarem com os sentimentos

As crianças não têm as ferramentas necessárias para lidarem com os próprios sentimentos e frustrações. Mas, nos primeiros anos de vida, o papel dos pais e e educadores é fundamental para fornecer estratégias e mecanismos para construir uma fortaleza em que os sentimentos são aliados e não inimigos.O coping – que se pode resumir como uma estratégia de regulação das emoções – serve exatamente para isso.A criança a partir dos 3 anos é capaz de compreender o ‘porquê’ das coisas

“Da conjugalidade à parentalidade…” por Mª Teresa Ribeiro

Quando uma mulher e um homem se amam, desejar um(a) filho(a) é o que há de mais natural.‘ Ser mãe ’ e ‘ser pai’ é, para muitos, a experiência existencial mais profunda da sua vida, assinalando no processo evolutivo familiar uma mudança normativa: a transição da conjugalidade para a parentalidade.Maternidade e Paternidade como um encontro – um encontro especial, com contornos únicos, cada um aprendendo o que é “ ser mãe ”, “ser pai” e “ser filho”.Maternidade

Transforme o Negativo no Positivo (2 aos 3 anos)

Provavelmente a palavra preferida do seu pequenote nesta fase é o “Não”. Talvez por ainda não conseguir associar a palavra à sua causa. Trata-se de um sinal da crescente consciência da sua criança e do desejo de causar impacto no mundo. Permita que a criança sinta o poder do “Não” fazendo-lhe questões absurdas, tais como “Estamos sentados no meio do oceano?”.Desta forma a criança aprenderá outras aplicações e sonoridades da palavra “Não”.

“Alimentação infantil: como escolher ao comprar alimentos” por Gisela Câmara

O que se pretende com este artigo é fornecer algumas dicas e escolhas alimentares para que as escolhas feitas nas compras destinadas às crianças sejam o mais responsáveis possível, sem que isso signifique mais angústia e perda de tempo.A vasta oferta de produtos alimentares industrializados disponível no mercado é, na hora da compra, motivo de angústia para muitas pessoas.É difícil observar os produtos no meio de tanta diversidade. Com a pressa e a falta de informação, os critérios

5 Dicas para educar crianças bondosas

Pesquisadores da Harvard University dão 5 dicas de como educar crianças éticas e bondosas.O objectivo final e maior de todos os educadores, pais e familiares é criar crianças que se tornem no futuro em adultos bem sucedidos e felizes no futuro, correcto?Segundo as orientações dos pesquisadores de Harvard há uma formula de sucesso: ensine as crianças desde cedo a serem pessoas generosas e altruístas.Não só é realmente a acção certa como humanos e como parte activa da sociedade ao

Pais Orgulhosos

O papel dos Pais Durante bastante tempo prevaleceu a ideia de que a natureza teria dado à mulher as ferramentas essenciais para ser a única pessoa responsável pelo bem-estar físico, emocional e social dos filhos. A educação, bem como o cuidado dos filhos, eram encarados como responsabilidades exclusivas das mães. O papel do pai na educação das crianças parecia ser absolutamente secundário. Era visto como o “ganha-pão” da casa e, como tal, era encarado como uma figura ausente, de autoridade e