Top 10 Brincadeiras Crianças 3 – 5 anos

Junte-se a nossa lista

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

brincadeiras, crianças, Chicco, Espreguiçadeira, carrinho de bebé, roupa bebé, roupa bébé, roupa bebe, licença parental, abono de família, creche, dodot, cadeiras auto, cadeira auto, roupa de bebé, roupas de bebés, berços bebé, licença de maternidade, roupa criança, andarilho bebe, jardim de infância, fraldas, sapatilhas criança, carrinho bebé, carrinho bebe, ténis criança, isofix, biberões, roupas recém nascido, camas bebé, alcofa, loja chicco, loja de bebé, sapatos bebé, cadeiras bebé, berços bebé, nomes de bebé, chicco outlet, chuchas, babygrow, cadeira auto bebé, gymboree, brincar, desenvolvimento infantil, pediatra, pediatras, mãe, pai, parentalidade, empreendedorismo, Decathlon, Benfica, Worten, Continente, Fnac, Pingo Doce, Auchan, Jumbo, Lidl, Decathlon Alfragide, Chicco, Monsanto, Bicicleta, Decathlon Lisboa, Dodot, Parque Infantil, quinta das Conchas, Horário
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Top 10 Brincadeiras Crianças 3 – 5 anos

 

Acabadinhas de chegar, as imperdíveis 10 brincadeiras e estímulos para as crianças entre os 3 e os 5 anos. https://www.gymboreeclasses.pt/playlab-academy

O tempo passa rápido, não é? Ainda ontem nasceu e hoje o seu filho já se está a preparar para a entrada na escola! Nesta fase, há muitas competências motoras em desenvolvimento e aperfeiçoamento, como a pontaria, o equilíbrio e a força, assim como competências sociais, por exemplo, o saber esperar pela sua vez. Esta idade dos porquês e curiosidades também é acompanhada por um importante desenvolvimento emocional que precisa de umas boas doses de compreensão, paciência e encorajamento nas conquistas por parte do adulto.

Com brincadeira e movimento tudo se torna mais fácil! E por isso a Professora Carolina apresenta-nos um conjunto de atividades desafiantes e divertidas que irão ajudar a desenvolver o corpo e a mente do seu filho, entre os 3 e os 5 anos.

Gostaria de ver alguma brincadeira em particular?

Clique nos links em baixo e divirtam-se muito!

Brincadeiras e Estímulos 00:00

Brincadeira #1: Jogo da batata quente 01:16

Brincadeira #2: Caixa comilona 02:02

Brincadeira #3: O pedregulho 02:55

Brincadeira #4: Segue o Gymbo 04:10

Brincadeira #5: Andar engraçado 05:25

Brincadeira #6: Empilhador 06:29

Brincadeira #7: Escondidas 07:20

Brincadeira #8: Rocha mágica 07:58

Brincadeira #9: História a dois 08:51

Brincadeira #10: Basquetebol com meias 09:42

Subscreva o nosso canal e ative as notificações em: https://bit.ly/gymbopt

Espreite também o nosso canal Gymbo4Kids com conteúdos exclusivos para crianças em: https://bit.ly/gymbo4kids

Visite-nos no nosso site em https://www.gymboreeclasses.pt

Siga-nos nas nossas redes sociais – Facebook: https://pt-pt.facebook.com/gymboreeportugal – Instagram: https://www.instagram.com/gymboree.portugal/?hl=pt – LinkedIn: https://pt.linkedin.com/company/gymboree-play-&-music-portugal

#brincadeiras #estímulos #top10

Olá, eu sou professora Carolina e estou aqui para lhe mostrar um conjunto de brincadeiras desafiantes e divertidas para as crianças entre os 3 e os 5 anos.

 

Está pronto para a ação?

Hora 321, vai começar!

E não se esqueça de se inscrever no nosso canal.

 

Entre os 3 e os 5 anos, estão em desenvolvimento e aperfeiçoamento algumas das competências motoras da criança, como o equilíbrio, a força e a pontaria.

Ao mesmo tempo que algumas competências sociais também vão se fortificando, por exemplo, a criança saber esperar pela sua vez.

É um grande desafio para ela!

Nesta idade, também há muito porquês. Muitas curiosidades, acompanhados por um desenvolvimento emocional, que exige e carece de muita compreensão, paciência e também o reforço positivo por parte do adulto quando a criança consegue conquistar aquelas suas metas.

Com movimento, com diversão tudo fica mais fácil…

Pois fique aí!

Estão aqui as 10 melhores brincadeiras para as crianças entre os 3 e os 5 anos.

 

A primeira dica é o jogo da batata quente.

Já todos provavelmente conhecem.

Podem começar por, fazê-lo com um balão, por ser mais leve e também permitir que a criança consiga antecipar a chegada do balão e coordenar os seus movimentos para poder agarrar e rapidamente soltar.

Este jogo vai promover a sua coordenação olho-mão, assim como também a socialização.

Podem variar no tipo de bola, mais pesada e também de diferentes texturas e aqui vai se gerar a diversão pela rapidez com que a criança tem que lançar o balão ou a bola para a outra criança ou para o adulto.

Divirtam!

 

E a dica número 2, chama-se caixa comilona.

Esta caixa dos brinquedos, está cheia de fome e nós vamos dar-lhe de comer e assim arrumar os brinquedos espalhados aí por casa.

Assim, por exemplo, ajudar a criança a arrumar os brinquedos de forma divertida.

Vamos lança com a tua mão bom1

Uop! Ye! Conseguimos dar de comer, à nossa caixa comilona!

Está a desenvolver assim a sua criatividade e poderá também perguntar-lhe, mais ideias sobre qual o nome a dar a esta caixa.

Será que é um monstro de bolachas e a bola é uma bolacha?

Bom!

Será muito divertido descobrirem as ideias que a criança tem para enriquecer esta atividade.

E assim sem querer, estão arrumar os brinquedos espalhados.

 

E a dica número 3

E a dica número três chama-se pedregulho.

Aqui o desafio será levar a bola, contornando os cones.

Está a desenvolver a força.

Pois é, sobretudo na parte superior do corpo da criança.

Vamos desafiá-la a levar a bola, contornando então o obstáculo, o que acaba também por desenvolver muito da sua coordenação em ambos os lados do seu corpo.

Podem também, desafiar a criança com uma bola a ser controlada nos pés.

E numa bola de futebol a criança conseguir levar a bola, contornando os cones.

Mais do que, estar com atenção se a criança consegue ou não cumprir o percurso tal e qual num oito e fazer sem tocar nos cones.

Bom, vão se divertindo e desafiando aos poucos e poucos, à medida do que a criança é capaz de fazer.

 

A quarta sugestão é é é…

Vamos para a quarta sugestão.

Segue o Gymbo!

O Gymbo vai dar as indicações, ou seja, o adulto e a criança podem escolher uma sequência de três movimentos e repeti los.

Quando o adulto der a ordem, por exemplo, bater uma calma. Juntos fazem essa sequência de movimentos que combinaram.

Podem então depois ser a criança, a fazer um gesto e fazerem a sugestão, então de sequência de movimentos que terão acertado.

Neste caso, vou sugerir, estes três movimentos seguidos.

Ora vejam!

Como o Gymbo vos diz para fazer.

Então, senta!

Põe-te de Joelhos! Uh!

De joelhos.

E levanta-te, ok?

Senta, de joelhos e levanta-te!

Boas brincadeiras.

 

E vamos para a dica número 5.

Esta brincadeira, vai desafiar o equilíbrio da criança.

Então a ideia é colocar uma fita colorida no chão, pode usar uma fita adesiva e colar no chão ou desenhar com um giz caso seja na rua. Ou ainda com uma fita neste caso, de cetim, desenhar então uma linha no chão, para que possam percorrer essa linha de forma divertida.

Este será um percurso divertido, em que a própria criança poderá dar as suas sugestões de como caminhar de forma engraçada, em cima desta linha.

Algumas das ideias serão por exemplo, inicialmente, sempre com os pés portanto em cima da linha e aqui está o equilíbrio. Caminhar em cima da linha sempre com os pés lá em cima.

Outra sugestão poderá ser ir aos os saltos, em cima da linha.

Ou ainda poder ir com um pé de cada lado, a caminhar no sentido da linha.

 

E esta é a dica número 6.

O jogo do empilhador.

De que forma podemos empilhar este caixote? Como é que vamos fazer?

Bom, posso levá-lo na minha mão e fazer um percurso com o caixote na mão.

Posso transportá-lo nas minhas costas?

Vamos experimentar.

Com a ajuda do adulto, a criança poderá levar a caixa nas costas e fazer o percurso de gatas.

Posso também, colocá-lo nos meus pés?

Deitando de costas no chão, tentar equilibrar o caixote nos pés.

Oh, que grande desafio! Será que posso largar? Ooop! Yeee!

Bom.

Gymbo, temos muitas ideias para explorar no jogo do empilhador.

 

E esta é a dica número 7.

O tradicional jogo das escondidas.

Pois é!

Este tradicional jogo. E tão conhecido de todos, que as crianças adoram brincar, têm inúmeros benefícios ao nível cognitivo, pois envolve a contagem exige que a criança esteja à escuta e portanto atenta. E depois a procura de lugares lógicos, por onde alguém se pode esconder.

Há uma outra variante de um jogo das escondidas, em que escondemos um objeto.

Hmm.

E com pistas de: quente, frio. Vamos ajudar a criança encontrar o objeto escondido.

Divirtam-se!

 

E a sugestão número 8, é o jogo da rocha mágica.

Como jogamos à rocha mágica?

Então é assim..

Eu faço de conta que sou uma rocha, e a criança vai dar uma sugestão de algo em que me devo transformar.

Se o Gymbo fosse a rocha…

Rocha mágica rocha mágica, transforma-te num coelho!

Como salta o coelho?

E juntos iremos fazer de coelhos.

A saltar.

A fazer mesmo, gestos da partes do corpo do coelho.

Portanto este jogo desenvolve a criatividade para além da sua motricidade global.

 

Contar uma história a dois, é a sugestão número 9.

Poder partilhar o momento da história com o seu filho, será maravilhoso ouvir as suas ideias.

Como é que a história se desenrola para além do que está escrito no próprio livro.

Será muito divertido ouvir as ideias da criança e poder incorporá-las nesta história, que até já podem ter ouvido muitas vezes e a criança já lhe pode ter perdido muitas vezes para contar a mesma história, mas acabamos sempre por descobrir alguma coisa diferente, por poder contar a história de uma outra forma e ainda poder então incluir ideias da criança para completar.

À medida que vai contando, poderá ir perguntando.

O que achas que vai acontecer a seguir? E se fosses tu? O que é que tu fazias?

Muitas perguntas, vão ativar ainda mais a curiosidade da criança e poder desenvolver o seu cérebro.

 

E chegamos à dica número 10.

Com um jogo de basquete, com meias.

Só precisa de um cesto e de alguns pares de meias, de diferentes tamanhos, para estimular as competências da criança, também para avaliar a força que precisa de fazer para lançar as meias, conforme então o peso dela, a sua dimensão, calcula a distância para que conseguir acertar no alvo.

Neste caso, poderá então começar com meias mais pequeninas e desafiar a criança a acertar no cesto.

Uau! Muito bem! E esta, um bocadinho maior vamos lá ver se tu consegues! Up! Oh, oh! Hm!

Vamos tentar outra vez? Com uma igualmente grande. Uau! Vamos lá ver se desta vez tu consegues. Uau! Muito bem!

Pois é.

Este jogo acaba por desenvolver a capacidade da criança calcular então a distância. Desenvolve a sua pontaria.

E está a estimular estas pequenas competências matemáticas, de.. A força que tem que fazer, também em termos motores, como é que tenho que me posicionar, para conseguir acertar no alvo.

Será um desafio cheio de boas estimulações.

 

Este foi o nosso top 10 de brincadeiras para as crianças entre os 3 e os 5 anos.

Gostou?

Foi fantástico!

Cheio de animação e muito movimento.

É isso que se quer!

Então não deixe de gostar, de partilhar, subscreva o nosso canal para não perder as nossas novidades.

 

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Artigos Relacionados

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva para receber as dicas do Gymbo!

Mantenha-se atualizado com nossas Dicas para o Desenvolvimento do seu Filho, Eventos Especiais e Descontos Exclusivos para Assinantes.

Scroll to Top