Top 10 Brincadeiras Bebés – 16 a 22 meses

Junte-se a nossa lista

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

brincadeiras, bebé, Chicco, Espreguiçadeira, carrinho de bebé, roupa bebé, roupa bébé, roupa bebe, licença parental, abono de família, creche, dodot, cadeiras auto, cadeira auto, roupa de bebé, roupas de bebés, berços bebé, licença de maternidade, roupa criança, andarilho bebe, jardim de infância, fraldas, sapatilhas criança, carrinho bebé, carrinho bebe, ténis criança, isofix, biberões, roupas recém nascido, camas bebé, alcofa, loja chicco, loja de bebé, sapatos bebé, cadeiras bebé, berços bebé, nomes de bebé, chicco outlet, chuchas, babygrow, cadeira auto bebé, gymboree, brincar, desenvolvimento infantil, pediatra, pediatras, mãe, pai, parentalidade, empreendedorismo, Decathlon, Benfica, Worten, Continente, Fnac, Pingo Doce, Auchan, Jumbo, Lidl, Decathlon Alfragide, Chicco, Monsanto, Bicicleta, Decathlon Lisboa, Dodot, Parque Infantil, quinta das Conchas, Horário
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Top 10 Brincadeiras Bebés – 16 a 22 meses

 

 

Saiba quais são as 10 melhores brincadeiras e estímulos para fazer com o seu bebé dos 16 aos 22 meses, com a garantia do Gymboree Play&Music! https://gymboreeclasses.pt/playlab-academy/

O seu bebé já está muito crescido. Agora o que ele mais gosta é de resolver problemas e ser bem-sucedido, por isso ao brincar ele explora tudo ao seu redor. O seu bebé está também a aprender vocabulário, por isso as brincadeiras baseadas nos opostos (ex.: cima/baixo), ajudam-no a adquirir novos conceitos de uma forma simples e divertida. Gostaria de ver alguma brincadeira em particular?

Clique nos links em baixo e divirtam-se muito!

Brincadeiras Bebé! 00:00

Brincadeira #1: Construir tendas 00:38

Brincadeira #2: Freeze 00:58

Brincadeira #3: Para e avança 01:27

Brincadeira #4: Labirinto da coordenação motora 02:03

Brincadeira #5: Pinhata 02:48 Brincadeira #6: Caça ao tesouro 03:21

Brincadeira #7: Marcha às cavalitas 04:00

Brincadeira #8: Oh Rosa arredonda a saia 04:28

Brincadeira #9: Será que cabes? 05:21

Brincadeira #10: Equilíbrio na tábua 06:26

Subscreva o nosso canal e ative as notificações em: https://bit.ly/gymbopt

Espreite também o nosso canal Gymbo4Kids com conteúdos exclusivos para crianças em: https://bit.ly/gymbo4kids

Visite-nos no nosso site em www.gymboreeclasses.pt

Siga-nos nas nossas redes sociais – Facebook: https://pt-pt.facebook.com/gymboreeportugal – Instagram: https://www.instagram.com/gymboree.portugal/?hl=pt – LinkedIn: https://pt.linkedin.com/company/gymboree-play-&-music-portugal

#playlab #Brincadeiras #parentalidade

Olá, o meu nome é Catarina e vou-vos apresentar o top-10 brincadeiras para crianças entre os 16 e os 22 meses.

 

Nesta fase, as crianças aprendem e resolvem problemas de forma eficaz.

Usando os temas opostos, dá um contexto divertido para que as crianças aprendam resolver os problemas de forma eficaz, como por exemplo, dentro e fora, cheio e vazio, ou por cima ou por baixo.

Para além de promover o desenvolvimento motor, social e cognitivo.

 

Nesta primeira brincadeira, vamos trabalhar a consciência espacial, construindo uma tenda. Empilhe almofadas do sofá ou coloque uma manta por cima de uma mesa de forma redonda ou sobre cadeiras.

As crianças pequenas adoram entrar em pequenos espaços, o que reflete o seu crescente conhecimento e fascínio pela consciência espacial.

 

Vamos brincar ao congela nesta segunda brincadeira.

Dê um lenço ao seu filho para que ele agarre um em cada mão, coloque uma música e incentive-lhe a dançar e a mexer os lenços.

Desafie estas capacidades de ouvir. E ficar atento quando a música pára os movimentos todos nosso corpo também vão parar.

Para além disso, estes movimentos padronizados desafiam o equilíbrio e a coordenação.

 

Nesta terceira brincadeira, vamos trabalhar a capacidade de seguir regras e também a atenção e a concentração.

Com o nosso jogo do pára, e do avança.

Diga à criança que pode começar a correr assim que ouvir a palavra: avança. E que, terá de parar de correr quando ouvir a palavra pára.

Estes dois conceitos opostos, vão trabalhar a resolução de problemas e também a concentração da criança para ver se a criança está atenta às duas diferentes palavras e se consegue compreender o conceito e qual é o objetivo de cada uma.

Por fim, altere o papel e peça à criança que seja ela a liderar e a dizer: pára e avança ao adulto.

 

Nesta quarta brincadeira, vamos trabalhar a motricidade global, o escalar e também os conselhos em cima e fora.

Ponha uma fila de diversos objetos, para que a criança os possa subir e possa descer.

Bancos com uma pequena altura, diferentes degraus, almofadas no chão etc.

Enquanto supervisiona esta brincadeira, deixe a criança explorar o subir e o descer.

À medida que vai explorando os objetos, não se esqueça de dizer sempre os conselhos.

Em cima! E fora!

E deixá-lo a explorar este percurso, esta fila de objetos.

De diferentes maneiras pode passar por baixo ou então sempre passar por fora ou então passar por cima e depois tudo por fora ou ao contrário.

 

Nesta quinta brincadeira vamos trabalhar a coordenação hormonal com o nosso jogo da pinhata.

Coloque uma bola pendurada, insuflável e colorida de preferência, na área de brincadeira do seu filho a uma certa distância, mas que ele provavelmente a consiga alcançar.

Mas como é que o seu filho resolve este problema de tentar alcançar a bola?

Se se coloca em cima de algum degrau, se se coloca em biquinhos dos pés ou se simplesmente tira uma almofada ou algum objeto para a tentar alcançar e tocar na bola.

 

Nesta sexta brincadeira, vamos fazer uma…

Nesta sexta brincadeira, vamos trabalhar a resolução de problemas e permanência do objeto.

Vamos fazer uma caça ao tesouro.

Onde estará o tesouro do seu filho?

Esconda um objeto especial que seu filho gosta da sua área de brincadeira para ver se ele consegue encontrar.

Inicialmente, esconda o objeto num espaço visível e à medida que as capacidades de resolução de problemas e de encontrar objetos se tornam mais sofisticadas, pode aumentar gradualmente este desafio de esconder, para que o seu filho encontre o seu objeto especial.

 

Nesta brincadeira, vamos trabalhar noção espacial e também a liderança.

E vamos marchar!

Coloque uma música aí em casa, do estilo marcha, colocando o seu filho às suas cavalitas nos ombros e marche pela casa.

De seguida tire o seu filho, coloque-o no chão e deixe que ele lidere este momento de marcha e veja se ele lhe dá indicações para onde seguir ou então se simplesmente quer voltar às cavalitas dos pais.

 

Nesta brincadeira, vamos trabalhar o tacto e a linguagem com a nossa Rosa arredonda a saia.

Segure uma manta ou um mini paraquedas sobre a cabeça do seu filho enquanto ele se encontra sentado ou em pé.

E baixe e eleve gentilmente o mini paraquedas ou a manta.

De seguida ande à volta, por cima de seu filho e veja se ele consegue alcançar o mini paraquedas ou a manta. E pode sempre cantar a música da Rosa arredonda a saia.

Oh Rosa arredonda a saia! Oh Rosa arredonda-a bem! Oh rosa arredonda a saia! Olha a roda que ela tem!

E no fim, baixar e a esconder o seu filho por baixo da manta ou do mini paraquedas ou se quiser também cantar outra música, enquanto anda à volta, pode sempre experimentar e divertirem-se.

 

Nesta brincadeira, vamos trabalhar a consciência corporal, consciência espacial e a resolução de problemas.

Como?!?

Será que cabes?

 

Arranje algumas caixas de cartão de diferentes tamanhos, ou as suficientemente pequenas para que o seu filho não caiba lá dentro.

E outras suficiente grandes para que ele se consiga sentar no interior.

Para trabalhar a consciência espacial, coloque estas caixas de cartão em fila e deixe o experimentar e pergunte-lhe: será que cabes dentro da caixa? E te consegues sentar?

Deixe o experimentar à vontade, porque esta é uma atividade muito importante para a resolução de problemas.

E veja se ele por si só, quer alterar o tamanho ou então também se começa pela mais pequeninas ou pelas maiores para ver se cabe.

E se perceber que mais pequenas não cabe, se coloca a seguir das grandes, para tentar perceber se aí vai conseguir caber dentro da caixa. E se quiser também pode se colocar dentro da caixa grandes e dizer: eu caibo!

Ou então.

Será que tu cabes?

 

Nesta última brincadeira, vamos trabalhar a curvação bilateral, o equilíbrio e a confiança construindo uma tábua de exercícios.

Coloque no chão uma linha de 1 metro ou uma fita adesiva.

Nós aqui temos um lenço.

Ou então se quiser, uma tábua de madeira.

Inicialmente ajude a criança a passar esta linha, segurando na mão. E depois encoraja a experimentar sozinha e explorar esta linha ou esta tábua de madeira.

E vamos ver como é que ela adquire o seu equilíbrio e também a sua coordenação bilateral.

 

Divirtam-se sempre nestas nossas brincadeiras.

Não se esqueça de se subscrever o nosso canal, para estar sempre atento e receber todas as notificações sobre todos os nossos vídeos, de podcast ou também de atividades e muito mais.

Esperamos por vocês num próximo vídeo!

 

Take 2!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Artigos Relacionados

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva para receber as dicas do Gymbo!

Mantenha-se atualizado com nossas Dicas para o Desenvolvimento do seu Filho, Eventos Especiais e Descontos Exclusivos para Assinantes.

Scroll to Top