Ser cozinheiro, médico, professor, jardineiro, carteiro, bombeiro…

Junte-se a nossa lista

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Gymboree Portugal
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A criança gosta de brincar ao faz de conta, actuando como a sua personagem preferida dos desenhos animados ou o protagonista do seu livro predilecto, ou tão simplesmente imitando os seus pais. O seu pequenote gosta de rugir como um leão? Andar pela casa como um gato? Calçar os sapatos da mãe ou pôr a gravata do pai? A partir dos 22 meses, a imaginação da criança começa a florescer e a sua capacidade de expressão verbal é crescente, pelo que a brincadeira de faz-de-conta ganha vida! Ouvir a criança fazer o barulho da sirene do carro bombeiro, da água a sair do regador ou de uma abelha a zumbir são expressão da sua capacidade de representação simbólica.

A actividade mental da criança é fervorosa e o gosto por brincar é inato, pelo que constantemente fazem associações de ideias que depois transportam para o mundo da brincadeira!
Uma ida à caixa do correio pode ser motivo para querer ser um carteiro e levar as cartas ao pai e entregá-las quando ele chegar a casa! E enquanto sobem as escadas ou o elevador até casa, podem cantar: “Vamos já entregar cartas, cartas, cartas, Vamos já entregar cartas, aqui na nossa casa!”.
Boas Brincadeiras:)
C.C.
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Artigos Relacionados

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva para receber as dicas do Gymbo!

Mantenha-se atualizado com nossas Dicas para o Desenvolvimento do seu Filho, Eventos Especiais e Descontos Exclusivos para Assinantes.

Aula Grátis - Gymboree Portugal
Scroll to Top