O Bebé Adora Saltar!

Junte-se a nossa lista

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

bebé
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

De rastos! (0-6 meses)

Em cima da cama, deite o bebé de barriga para baixo em cima de um lençol ou mantinha. De forma suave e sempre com muito cuidado, puxe a mantinha para um lado e para o outro, para frente e para trás.

Esta brincadeira estimula o equilíbrio e o fortalecimento dos músculos do pescoço. Para além disso, exercita o apoio do corpo no antebraço, que no futuro permitirá a libertação do polegar e indicador, facilitando a exploração de objetos com as mãos nesta posição e permitindo os primeiros movimentos com os dedos em pinça.

Nesta fase, nas horas de brincadeira de barriga para baixo, pode colocar um brinquedo de cor atrativa no campo de visão do seu bebé.  No caso de bebés já perto dos 6 meses, pode mesmo testar se já os tenta alcançar ou agarrar!

 

Percurso de obstáculos (6-10 meses)

A partir do momento em que o seu bebé começa a gatinhar ou a arrastar-se, pode potenciar a experiência criando um percurso de obstáculos cm diversos materiais que tem disponível em casa. Valem almofadas, tapetes, cobertores empilhados… Pode ainda colocar duas ou três cadeiras em fila, tapando-as com uma mantinha ou um lençol. Desta forma cria um “túnel”, aumentando o grau de dificuldade do percurso de obstáculos.

Coloque um brinquedo no início do percurso, para que o bebé tenha vontade de o ir buscar, e vá afastando progressivamente. Este é um ótimo exercício para estimular a motricidade global e a capacidade de resolução de problemas do seu bebé.

Pode acompanhar o bebé, gatinhando ao seu lado. É garantido que ele vai adorar!

 

Montanhas de esparguete! (10-16 meses)

Cozinhe esparguete e passe-o por água fria. Sente o bebé na sua cadeirinha e coloque uma pilha de esparguete no tabuleiro. Encoraje o seu filho a tocar, cortar, empilhar, esmagar e, até mesmo, provar o esparguete.

Isto irá ajudar a desenvolver as competências de motricidade fina (necessárias para desenhar e escrever), promovendo ainda uma experiência sensorial (tacto e gosto) muito rica!

 

A caixa furada (16-22 meses)

 Sabe aquelas caixas de cartão que vamos guardando mas que acabamos por nunca utilizar? Pode utilizá-las para fazer brincadeiras bastante divertidas e estimulantes para o seu bebé. Pegue numa dessas caixas e faça vários buracos de dois tamanhos: uns grandes e uns mais pequenos. Coloque, ao lado da caixa, vários brinquedos com diferentes dimensões.

De seguida, peça ao seu bebé que coloque os brinquedos pequenos nos buracos pequenos e os brinquedos grandes nos buracos grandes, exemplificando a atividade. Depois desta primeira experiencia, deve deixá-lo explorar a caixa livremente e experimentar colocar os brinquedos grandes nos buracos pequenos e os brinquedos pequenos nos buracos grandes.

Este tipo de atividades ajuda a desenvolver as competências de resolução de problemas, potencia a comunicação, e estimula as capacidades cognitivas e a coordenação motora.

 

Os gatos adoram saltar! (22-28 meses)

Durante esta brincadeira, você e o seu filho vão transformar-se em… gatos! Coloque várias almofadas no chão, em frente ao seu sofá. Os gatos adoram saltar e, por isso, o seu gatinho vai saltar de cima do sofá para cima das “folhas” fofinhas que tem à sua frente!

Experimente colocar as folhas cada vez mais longe, em círculo ou em fila, e veja como o seu gatinho mostra uma perícia cada vez maior nos seus saltos! Rimos, brincamos e trabalhamos competências muito importantes como a coordenação motora global, o equilíbrio, a imaginação e o jogo simbólico.

 

“Afunda” ou “flutua”? (28-36 meses)

Reúna vários objetos que tenha disponíveis em casa: alguns devem afundar (como uma pedra) e outros devem flutuar (como uma rolha). Encha uma bacia com água e peça ao seu filho para adivinhar se determinado objeto irá flutuar ou afundar-se. Deixe que a criança coloque cada item dentro da bacia com água de modo a observar se o seu palpite estava correto.

No final do jogo, pode pedir-lhe que separe os vários objetos em duas categorias: objetos que afundaram e objetos que não afundaram. Enquanto brincam ao “Afunda ou flutua?”, está a ajudar o seu filho a trabalhar o raciocino logico!

 

Dramatizar a história preferida (3-5 anos)

Leia alto a história infantil preferida do seu pequenote. Em seguida, sugira um jogo de “faz de conta” em que vocês próprios são as personagens da história.   Antes de iniciarem a dramatização, façam um “passeio pela casa” e procurem diferentes objetos que podem usar como adereços. Tudo pronto? Podem começar!

Ficará espantado com a quantidade de palavras da história que o seu filho recordará! Siga-o no sentido de ver se ele segue o guião “verdadeiro” ou não. Enquanto se divertem, trabalham a imaginação, a criatividade, a memória e o pensamento simbólico.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Artigos Relacionados

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva para receber as dicas do Gymbo!

Mantenha-se atualizado com nossas Dicas para o Desenvolvimento do seu Filho, Eventos Especiais e Descontos Exclusivos para Assinantes.

Aula Grátis - Gymboree Portugal
Scroll to Top