O que NUNCA deve dizer a uma mãe que está a amamentar

Junte-se a nossa lista

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

amamentação
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A amamentação é uma decisão muito pessoal. Idealmente, todas as mulheres poderiam decidir se querem (ou não) amamentar os filhos. No entanto, existem ainda muitos preconceitos não só em torno do ato de amamentar mas também da forma como executar a amamentação ou até quando deve a criança beber leite materno.

Leia também: 7 razões cientificamente provadas para ABRAÇAR o seu filho!

Se está a pensar dar a sua opinião ou fazer um comentário a uma familiar ou amiga sobre este assunto… pense antes de abrir a boca.

Eis o que NUNCA deve dizer a uma mãe que amamenta… e porquê.

1 – Achas que o bebé já comeu o suficiente?

As mães que amamentam não fazem A MÍNIMA ideia se o bebé comeu o suficiente ou não por uma simples razão. As mamas, embora fantásticas, não são transparentes. Não vêm com marcações de mililitros. Os bebés são igualmente espectaculares mas não conseguir dizer «obrigadinha, estou cheio!». Por isso, o instinto (e não a sua opinião) é mesmo o único que podem seguir.

2. O bebé está com fome outra vez?

Não se apoquente. Dificilmente uma criança sofrerá uma overdose de leite materno.

3. «Amamentar deu cabo das minhas mamas!»

De acordo com o Aesthetic Surgery Journal, não é a amamentação mas sim a gravidez que provoca a flacidez da mama. Dizer isto a uma mãe é a mesma coisa que perder 20 quilos e dizer a alguém que está a tentar emagrecer «agora que estou magra a minha pele está horrivelmente descaída!». Guarde os seus comentários negativos para si.

4. Não era melhor tapares-te?

Não. E sabe porquê? Porque esta nem sequer é uma pergunta. É um juízo de valor que significa ‘sentir-me-ia melhor se te tapasses’. A única prioridade de uma mãe que está a amamentar é o bebé, não quem está no café, no avião ou até os sogros. Além disso, as mães têm o direito de amamentar onde quiserem. Se a visão de uma mulher a alimentar uma criança o incomoda, tem bom remédio. Não olhe.

5. Não amamentei e os meus filhos estão ótimos!

Isso é maravilhoso. No entanto, se uma mãe decide amamentar ou dar biberão, nunca vai fazê-lo baseado na  experiência de terceiros.

6. O teu filho não é velho demais para mamar?

E você, não é demasiado velho para fazer perguntas sobre assuntos que não são da sua conta? Lá por algumas pessoas se sentirem desconfortáveis com a amamentação prolongada, não significa que seja errado. A American Academy of Pediatrics recomenda a aleitação no primeiro ano de vida do bebé e aconselha a continuação pelo tempo que a mãe e o bebé quiserem… e não durante o tempo que amigos/familiares intrometidos desejam.

7. As tuas mamas estão ENORMES!!

E que tal optar por um «estás ótima!»? Nunca falha e qualquer mãe vai adorar o elogio. Sabe bem, de vez em quando, não ser vista como uma portadora de fazedores de leite.

8. Se deres biberão ao bebé, nunca mais vai pegar na mama!

100% NÃO. Muitas mulheres alimentam o bebé através de mama e de biberão. Não existe uma lei que diga que, quando se começar a dar mama, só se pode fazer isso. Os peritos em lactância materna afirmam que, no momento em que a amamentação estiver bem implementada, as mães podem introduzir o biberão a partir de um mês de vida da criança.

Gostou do que leu? Siga-nos no Instagram e no Facebook

Foto: Tanja Heffner on Unsplash

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Artigos Relacionados

avatar
2000

Subscreva para receber as dicas do Gymbo!

Mantenha-se atualizado com nossas Dicas para o Desenvolvimento do seu Filho, Eventos Especiais e Descontos Exclusivos para Assinantes.

Aula Grátis - Gymboree Portugal
Scroll to Top