Descubram a riqueza do mundo das crianças!

Junte-se a nossa lista

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

descubram
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Descubram a riqueza do mundo das bolas! (0-6 meses)

Muitas vezes são os brinquedos mais simples que dão aos bebés inúmeras oportunidades de exploração. Uma bola de borracha colorida acompanhará muitas brincadeiras ao longo do primeiro ano, e até mais tarde! Deixe o bebé explorar a bola, tocando com a mão, pontapeando com o pé (mesmo na posição deitada) e pode até abraçar a bola com os braços. Pode preferir uma bola de praia.

Aqui fica uma dica: esvazie um pouco a bola de praia tornando mais fácil para o bebé agarrá-la e manipulá-la.

 

Tum, tum, tum! (6-10 meses)

Ouvimos o tambor soar ao mesmo tempo que ouvíamos as sílabas do nosso nome. Esta atividade ajudou a desenvolver a linguagem dos bebés.

 

Moo, oink, baaa (10-16 meses)

Faça a sua própria quinta recorrendo aos animais de peluche da criança e fazendo o som correcto para cada um deles. Cante. “Ah, o meu bebé tem uma quinta, yayayo…, e nessa quinta, ele tem um…”. Cantar ajuda a que o bebé aprenda novas palavras. Nesta actividade, o seu bebé também está a desenvolver a força muscular e a coordenação motora uma vez que ele ouve os animais a mugir, a roncar e a grasnar; escolhe aquele que quer agarrar; move-se na direcção desse animal e vai buscá-lo.

 

Rosa arredonda a saia (16-22 meses)

Experimente segurar uma manta ou um mini pára-quedas, com outro adulto, sobre a cabeça do seu filho. Eleve-o e baixe-o gentilmente enquanto o seu filho se posiciona em pé ou sentado por baixo da manta ou pára-quedas. Ande em círculo segurando o cobertor sobre a cabeça, cantando a música “Rosa arredonda a saia” ou outras canções.

Ó Rosa, arredonda a saia,
Ó Rosa, arredonda-a bem!
Ó Rosa, arredonda a saia,
Olha a roda que ela tem!

 

Deslizar e Chapinhar na Água da Chuva (22-28 meses)

Peça ao seu filho para saltar para as poças de água ou para deslizar pela corrente de chuva. Esta atividade estimulou a imaginação das crianças. O seu filho fingiu ficar molhado? Reagiu com gestos como se estivesse a chapinhar ou a nadar? Isto mostra-lhe como ele é já capaz de representar um papel, que é a base para brincar ao “faz de conta”. Este cenário promoveu o desenvolvimento da linguagem à medida que se falava da corrente, das poças, da água, e do molhado. Que palavras ouviu o seu filho dizer? Algumas dessas palavras eram novas para ele?

 

Bombeiros (28-36 meses)

Fazer de conta que são Bombeiros (dormir no quartel, conduzir o carro dos bombeiros) incita as crianças a usarem a sua capacidade imaginativa. A maioria das crianças desta idade, encarnam papéis como este com muito prazer, e prolongam as histórias que representam fazendo relações lógicas com os acontecimentos que vão ocorrendo.

 

Quando crescer… (3-5 anos)

Explorem vários chapéus e adereços, e peça ao seu filho que partilhe consigo o que quer ser quando crescer! O que será?

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Artigos Relacionados

avatar
2000

Subscreva para receber as dicas do Gymbo!

Mantenha-se atualizado com nossas Dicas para o Desenvolvimento do seu Filho, Eventos Especiais e Descontos Exclusivos para Assinantes.

Aula Grátis - Gymboree Portugal
Scroll to Top