Crise ou Oportunidade?

Junte-se a nossa lista

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A parentalidade pode constituir uma das experiências mais enigmáticas e gratificantes da vivência humana.

Senão vejamos….

Vou ser pai! Vou ser mãe! Sinto que alcancei um objetivo de vida, mas… E agora? Chegou a altura de escrever um novo capítulo, quiçá se o mais belo, do livro da vida. Mas atenção! Está prestes a entrar num espaço que requer mudanças e adaptações constantes, capazes de o surpreender a si e aos que o rodeiam. Deixe-me adivinhar… Estava convicto de que o que tinha visto, lido e conversado com os amigos, colegas e familiares lhe teria dado a informação que necessitava para ser “o melhor”… Contudo, nalguns dias e nalgumas noites, aquelas estratégias que sempre resultaram com a sua família e os seus amigos não resultaram consigo não é? Pior ainda quando, como se não bastasse, as poucas horas de sono e descanso pareciam querer diminuir a falta de paciência e aumentar a intolerância e irritação para com o seu parceiro. Discussão? Confirmava-se uma regra de qualquer família saudável: “ a Crise”.

Investigámos a fundo a palavra. Haveria razão para a recear? Concluímos que não. Pelo contrário.
O caracter chinês para a palavra crise significa “perigo” e “oportunidade”.
Etimologicamente, a palavra crise vem do grego “krisis” que significa capacidade para distinguir, escolher, decidir, resolver.

É natural que, na fase de transição para a parentalidade, alguns casais percepcionem não possuir recursos para dar resposta às exigências dos seus novos papeis. Mãe. Pai. Contudo, a crise que possa querer imperar pode ser encarada com um brilhozinho confiante no olhar.

Resultado: a resposta à questão “existirá algum manual, algum segredo, que me possa ensinar a ser o melhor pai ou a melhor mãe?” A resposta é Não. Porquê? Porque o seu filho é único. Você é único. E porque é deste conjunto de desafios e provações que emergem algumas das maiores conquistas do Homem, capazes de proporcionar a mais genuína vivência da realização pessoal.

I.M.
Parentalidade
Parentalidade
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Artigos Relacionados

guest
2 Comentários
Oldest
Newest
Inline Feedbacks
View all comments
Miguel Ferreira
Miguel Ferreira
15 Fevereiro, 2008 19:53

Podem querer que é verdade. Enquanto lia este post só me ocorriam imagens de situações que tenho vivido desde que sou pai. Mais uma vez obrigado por este post.

Lipa
Lipa
19 Fevereiro, 2008 14:32

Ainda estou no início (tenho uma bebé de 5 meses), mas já vivi algumas situações relatadas (o cansaço, principalmente). Um post bem esclarecedor, bem como todo o blog. Adorei. Só agora vos conheci, mas vou passar a frequentar.

Subscreva para receber as dicas do Gymbo!

Mantenha-se atualizado com nossas Dicas para o Desenvolvimento do seu Filho, Eventos Especiais e Descontos Exclusivos para Assinantes.

Aula Grátis - Gymboree Portugal
Scroll to Top