Crise ou Oportunidade?

Junte-se a nossa lista

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A parentalidade pode constituir uma das experiências mais enigmáticas e gratificantes da vivência humana.

Senão vejamos….

Vou ser pai! Vou ser mãe! Sinto que alcancei um objetivo de vida, mas… E agora? Chegou a altura de escrever um novo capítulo, quiçá se o mais belo, do livro da vida. Mas atenção! Está prestes a entrar num espaço que requer mudanças e adaptações constantes, capazes de o surpreender a si e aos que o rodeiam. Deixe-me adivinhar… Estava convicto de que o que tinha visto, lido e conversado com os amigos, colegas e familiares lhe teria dado a informação que necessitava para ser “o melhor”… Contudo, nalguns dias e nalgumas noites, aquelas estratégias que sempre resultaram com a sua família e os seus amigos não resultaram consigo não é? Pior ainda quando, como se não bastasse, as poucas horas de sono e descanso pareciam querer diminuir a falta de paciência e aumentar a intolerância e irritação para com o seu parceiro. Discussão? Confirmava-se uma regra de qualquer família saudável: “ a Crise”.

Investigámos a fundo a palavra. Haveria razão para a recear? Concluímos que não. Pelo contrário.
O caracter chinês para a palavra crise significa “perigo” e “oportunidade”.
Etimologicamente, a palavra crise vem do grego “krisis” que significa capacidade para distinguir, escolher, decidir, resolver.

É natural que, na fase de transição para a parentalidade, alguns casais percepcionem não possuir recursos para dar resposta às exigências dos seus novos papeis. Mãe. Pai. Contudo, a crise que possa querer imperar pode ser encarada com um brilhozinho confiante no olhar.

Resultado: a resposta à questão “existirá algum manual, algum segredo, que me possa ensinar a ser o melhor pai ou a melhor mãe?” A resposta é Não. Porquê? Porque o seu filho é único. Você é único. E porque é deste conjunto de desafios e provações que emergem algumas das maiores conquistas do Homem, capazes de proporcionar a mais genuína vivência da realização pessoal.

I.M.
Parentalidade
Parentalidade
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Artigos Relacionados

avatar
2000
newest oldest
Miguel Ferreira
Visitante
Miguel Ferreira

Podem querer que é verdade. Enquanto lia este post só me ocorriam imagens de situações que tenho vivido desde que sou pai. Mais uma vez obrigado por este post.

Lipa
Visitante
Lipa

Ainda estou no início (tenho uma bebé de 5 meses), mas já vivi algumas situações relatadas (o cansaço, principalmente). Um post bem esclarecedor, bem como todo o blog. Adorei. Só agora vos conheci, mas vou passar a frequentar.

Subscreva para receber as dicas do Gymbo!

Mantenha-se atualizado com nossas Dicas para o Desenvolvimento do seu Filho, Eventos Especiais e Descontos Exclusivos para Assinantes.

Aula Grátis - Gymboree Portugal
Scroll to Top