Crianças em casa!

Junte-se a nossa lista

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Competências-chave para o sucesso escolar da criança
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

casa

Fitinhas (0 aos 6 meses)

Porque não explorar o que temos em casa? Para ajudar o seu bebé a manter-se sentado, coloque algumas fitas e tecidos dentro de, por exemplo, um batedor de ovos. Coloque o bebé ao seu colo, de maneira a que este tente ficar sentado e vá explorando as fitas para que este se mantenha focado no exercício. Experimente com várias cores diferentes para despertar ainda mais a sua atenção. Observe-o atentamente, pois numa fase seguinte, a criança pode até querer pegar e explorar sozinho os materiais.

Esta actividade ajuda na coordenação motora fina, e claro, tentar que o seu bebé consiga sentar sozinho.

 

Torre de copos (6 aos 10 meses)

Os bebés adoram a ideia de deitar uma torre abaixo. Não tem cubos, nem materiais para fazer a torre? Não se preocupe, nós ajudamos. Faça uma torre com copos de plástico ou papel se tiver em casa, à frente da criança (sentado). Vai ver que não faltará muito para os deitar abaixo.

Coloque a torre um pouco mais longe do seu bebé, para que este consiga alcançar a torre fazendo algum esforço ou tentando gatinhar.

 

Massa mágica (10 aos 16 meses)

Nesta fase podemos e devemos brincar muito com as sensações, a criança está sempre em desenvolvimento e cabe aos adultos promoverem atividades estimulantes. A massa mágica é uma atividade que podemos fazer com materiais que temos em casa e de forma simples, temos apenas que juntar água e farinha maizena. Comecem por juntar estes dois ingredientes num recipiente e o objetivo é que, depois de misturados, a massa fique espessa, mas ao tentarmos agarrá-la esta fica líquida. Acreditam? Depois da massa pronta, coloquem numa superfície que esteja ao alcance das vossas crianças, seja no chão, numa mesa ou no tabuleiro.

Vão ver como as reações são maravilhosas, numa atividade tão simples de realizar em casa. E com ela, desenvolvemos a capacidade de exploração, desenvolvemos a motricidade fina, ao mesmo tempo que promovemos a experimentação de novas texturas. É mesmo mágica, não é?

 

Espuma de barbear (16 aos 22 meses)

As crianças gostam de experienciar tudo e muitas vezes têm curiosidade em experimentar materiais que usamos nas nossas rotinas diárias e são vistos como da mãe ou do pai. Se pensarmos bem, existem materiais que eles podem realmente experimentar, com supervisão do adulto e com outros objetivos que não os reais. A espuma de barbear do pai pode servir para muito mais do que simplesmente desfazer a barba. Esta permite à criança desenvolver pelo menos dois sentidos, o tato e o olfato, além disso prometemos que será um momento de diversão único, em que crianças e adultos se divertem!

Para isso só têm que colocar a espuma de barbear à disposição da criança, espalhá-la numa superfície, seja no chão, numa mesa ou até num espelho e permitir que a explore de forma livre. No meio de tanta diversão, ainda conseguimos incluir algumas aprendizagens fundamentais como o promover o contato com novas sensações e texturas, desenvolver o gosto pela exploração de novos materiais e ocasionar momentos de interação adulto/criança, acredita?

 

Agrupar por cores (22 aos 28 meses)

Recorte vários quadrados de cores diferentes (amarelo, vermelho, verde, azul, cor de rosa, cor de laranja…). Com uma caixa de sapatos antiga faça ranhuras para os seus quadrados. O número de ranhuras deve ser o mesmo que a variedade de cores que tem (6 cores – 6 ranhuras). Á volta de cada ranhura pinte de uma cor (cada ranhura deverá ter uma cor diferente). Por fim é só explicar às crianças que os quadrados vermelhos se encaixam na ranhura vermelha e pedir que o façam autonomamente.

 

Bowling (28 aos 36 meses)

São muitas vezes que temos materiais de desperdício em casa que acabamos por não dar uso, acabando por ir para o lixo. Sugerimos então que aproveitem, por exemplo, garrafas que já não usam e criem o vosso próprio bowling, com a ajuda dos mais pequenos. Caso tenham garrafas de plástico, encham com algum material que lhes dê peso e estabilidade, por exemplo, areia e por fim pintem-nas a gosto ou colem retalhos de papel ou tecido. Posteriormente, podem utilizar pulseiras da mãe para atirar e encaixar nas garrafas. Este jogo dá para crianças e adultos, é fácil de fazer e ótimo para passar bons momentos em família. Não vão deixar de experimentar, pois não?

Nesta atividade conseguimos promover o espírito de equipa e de competição, desenvolver a motricidade fina, promover capacidades cognitivas e psicomotoras.

 

Jardinagem (3 aos 5 anos)

Uma boa forma de promovermos os momentos em família, é convidarmos as crianças a participarem nas rotinas de casa. Basta tornarmos estes momentos divertidos e é certo que numa próxima vez vão ser elas a terem a iniciativa! Por exemplo, quantos de nós têm plantas em casa? As plantas precisam de determinados cuidados e muitos deles, podem ser realizados pelas crianças. Então, vamos incentivar e desenvolver o gosto pelas mesmas. Para isso só precisamos de um regador e de alguns conhecimentos sobre plantas, vamos pedir às nossas crianças que as reguem, ao mesmo tempo que lhes explicamos a importância destes cuidados com as plantas. Fácil, não é? A casa é de todos e todos podemos e devemos participar nas suas rotinas!

Através desta atividade que se torna uma rotina simples, podemos desenvolver o sentido de responsabilidade e cooperação, bem como promover a relação afetiva adulto/criança e ocasionar aprendizagens adicionais (ex: sobre cada planta) às crianças.

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Artigos Relacionados

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva para receber as dicas do Gymbo!

Mantenha-se atualizado com nossas Dicas para o Desenvolvimento do seu Filho, Eventos Especiais e Descontos Exclusivos para Assinantes.

Aula Grátis - Gymboree Portugal
Scroll to Top