Bebés em movimento [até aos 12 meses e uma dica mais além]

Junte-se a nossa lista

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Play and Learn Classes
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Movimentos em casa com bebés até 1 ano

 

Dos 0 aos 6 meses:

 

Os bebés nos primeiros meses de vida ditam o seu próprio ritmo. Os exercícios devem por isso ser feitos só quando os mesmos representam um momento de prazer para o bebé, não devendo forçar-se posições, movimentos ou rituais que o deixem irritado ou ansioso.

Por outro lado, é importante que a rotina comece a ser criada, de forma a que o bebé entenda quando acontece o quê, conferindo uma previsibilidade nos acontecimentos do dia-a-dia. Isso dá-lhe mais segurança e faz com que se sinta mais calmo ao longo do dia. Um exemplo disso pode ser a hora do banho. Aí é benéfico os pais cantarem uma canção, de preferência sempre a mesma, para que o bebé perceba que aquela música está associada àquele momento do dia.

Nesta fase o toque é muito importante e o mesmo pode significar uma pequena massagem pelo corpo do bebé. Por exemplo, o momento em que é despido para trocar de roupa ou após o banho. O pai e a mãe vão conhecendo o seu bebé dia após dia cada vez melhor e vão ser capazes de escolher os melhores momentos para fazer uma massagem ao bebé de acordo com a sua recetividade.

Estejam atentos aos sinais que o bebé dá para poder ajustar a vossa rotina, pois esta não é estanque. Pelo contrário deve ser flexível para que ambos se sintam bem e cada dia mais confiantes nesta aventura que abraçaram e em que embarcaram juntos.

 

  • FORTALECER PESCOÇO E COSTAS: Colocar o bebé de barriga para baixo e pôr uma toalha turca, por exemplo, por baixo do peito/pescoço, de forma a que o bebé se sinta confortável. A ideia passa por colocar um lenço, um brinquedo, uma bola… no ângulo de visão do bebé, movimentando depois o objeto da direita para a esquerda e de cima para baixo. O objetivo é fortalecer a zona do pescoço e das costas, dando força ao bebé para que este possa segurar a cabecinha mais facilmente. Aprenda mais com este vídeo de 1 minuto.Bebés em movimento [até aos 12 meses e uma dica mais além] 1
  • CONFERIR CONSCIÊNCIA CORPORAL AO BEBÉ: este movimento é muito simples e fácil de fazer. Nesta primeira fase o bebé está a conhecer-se a si mesmo fora da barriga da mãe, como um ser separado de outro. Assim, quando o bebé está despido, é benéfico passar um lenço desde a cabeça do bebé até aos pés. Devagarinho e passando por todas as partes do corpo. Através do toque, o bebé pode assim perceber “onde começa e onde termina”.

 

  • MOVIMENTOS MEMBROS INFERIORES: Os movimentos de pernas são sempre importantes. Nesta primeira fase, estão intimamente relacionados com o combate ao desconforto intestinal. Assim, empurrar as pernas do bebé contra o peito e esticá-las (repetir esta sequência) é muito benéfico para o bebé. Para além disso, pode ser massajada a barriga do bebé numa sequência de movimentos que ajudam muito no combate às tão famosas cólicas.

 

NOTA: Nos primeiros meses o embalo também é muito importante. Acalma, favorece o equilibro e a confiança do bebé e estreita-se o laço afetivo entre o bebé e a mãe/pai.

 

A PARTIR DOS 6 MESES:

 

A partir dos 6 meses (até aos 12 meses +/-) o bebé começa a compreender a relação causa-efeito. Assim, o bebé já começa a compreender que os movimentos que faz resultam em algo, um “algo” que os deixa orgulhosos e confiantes para continuar a descobrir o mundo.

É importante que nesta fase os pais festejem as conquistas do bebé, fazendo com que estes se sintam valorizados e estimulados a repetir/continuar. A repetição é um elemento fulcral para a aprendizagem e também está implicado no sentimento de segurança e confiança do bebé.

Nesta fase o bebé deve começar a movimentar-se o mais possível, isto porque todas as suas competências motoras estão a ser desenvolvidas. O bebé começa a querer gatinhar, depois pôr-se de pé e por fim começa a tentar andar, processos que exigem força, equilíbrio e segurança.

 

  • ESTÍMULO DO EQUILIBRIO E FORÇA: Nesta fase o equilíbrio é fundamental e trabalhá-lo pode ser muito simples. O exercício mais fácil passa por colocar o bebé em cima de uma bola, de um rolo, e balançar de um lado para o outro. Isto numa fase inicial. Mais tarde, quando o bebé já se consegue manter de pé, o bebé pode empurrar o rolo, ou a bola, do ponto A ao ponto B. Mais uma vez, sempre que o bebé consiga desempenhar a sua tarefa com sucesso, os pais devem demonstrar alegria e festejar cada conquista.

 

NOTA: As brincadeiras com bolas têm inúmeras vantagens para os bebés. Um truque é não usar sempre a mesma bola. Importa que estas alterem, mudando o tamanho e também a textura. Esta mudança representará novos desafios, mas poderá também ajudar (principalmente a questão das texturas) a que o bebé aceite também diferentes texturas de alimentos aquando da diversificação alimentar.

 

  • AUMENTO DE FORÇA NOS MEMBROS INFERIORES E SUPERIORES- As rampas podem ser muito úteis nesta fase. Seja a subir ou a descer, o bebé fortalece a força nas pernas e também no tronco.

Em casa pode usar uma tábua de passar a ferro ou a tábua de uma mesa, apoiando uma ponta no sofá e outra no chão. Com essa inclinação pode deslizar o seu bebé com uma manta pela rampa para cima e para baixo. Pode colocar o seu bebé de barriga para baixo ou para cima, sabendo que ao colocar o bebé de barriga para baixo, com a cabeça virada para o final da rampa constitui um desafio maior pois exige um maior controlo da força nos braços.

 

  • AUMENTO DE FORÇA NAS PERNAS: Um outro exercício que favorece o desenvolvimento da força, neste caso nas pernas, é o caminhar dos bebés por cima de uma superfície irregular (um colchão, a cama dos pais, a areia da praia…), com a ajuda dos pais.

Desta forma os bebés fortalecem as pernas e poderão vir a andar sozinhos mais rapidamente.

 

  • AJUDAR O BEBÉ A PROTEGER-SE: Colocar uma boia grande (estilo praia) com alguns objetos lá dentro. O bebé colocado de barriga para baixo, com a cabeça para o centro da bóia, vai fortalecendo os músculos do tronco e braços enquanto tenta agarrar os objetos no interior da bóia. Incentive o seu bebé a entrar para a bóia, ajudando-o a rodar o corpo, entrando com os pés primeiro.

Este exercício ajuda a que o bebé se aprenda a proteger, descendo umas escadas, da cama ou do sofá em segurança.

OUTRAS RECOMENDAÇÕES:

Em casa, alguns móveis baixos, como pequenas mesas de apoio, bancos, cadeiras, cama e sofá são alguns elementos que pode usar para começar a ajudar o seu bebé a colocar-se de pé, apoiando-se nos mesmos. E usando ainda alguns dos seus brinquedos preferidos para tornar a brincadeira ainda mais interessante.

Quando o seu bebé começar a gatinhar e depois a andar pela casa, coloque-se ao nível do chão, como se fosse o seu bebé e olhe em redor, verificando as condições de segurança do espaço, de forma a criar um ambiente confortável e seguro para o seu bebé poder explorar. Mantendo-se sempre próximo do bebé, à distância de um abraço e de um beijinho, pode garantir que o seu bebé brinca em segurança e juntos podem desfrutar de momentos únicos e irrepetíveis.

Nesta fase são muitas as primeiras conquistas do bebé e os pais querem ser os primeiros a registar na sua memória (às vezes ainda se consegue fotografar ou filmar) esses momentos para sempre!

Uma dica mais além…

Promova o movimento  das crianças de 2 anos (e mais) em casa com uma proposta divertida recorrendo à música, histórias e brinquedos, que estimulam a sua imaginação.

Quer saber um pouco mais sobre a qualidade do movimento a brincar? Deixamos aqui a nossa dicas simples de brincadeira com a Bola Smart To Play da Chicco.

Divirtam-se a mexer, imaginar e criar memórias que duram uma vida!

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Artigos Relacionados

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Subscreva para receber as dicas do Gymbo!

Mantenha-se atualizado com nossas Dicas para o Desenvolvimento do seu Filho, Eventos Especiais e Descontos Exclusivos para Assinantes.

Aula Grátis - Gymboree Portugal
Scroll to Top